domingo, 4 de dezembro de 2016

SABBATH BLOODY SABBATH



1973 - Meu disco favorito do Black Sabbath. Foi o terror da vizinhança em 1973, toda hora aparecia em casa um vizinho pedindo pra abaixar o volume do som. Pra mim é o disco clássico do Sabbath. Abrindo o disco a melhor faixa, a clássica Sabbath Bloddy Sabbath. em seguida Naciotal Acrobat também muito boa. Fluff é uma canção lenta instrumental muito bonita, na época todo disco de rock tinha que ter uma música lenta no meio. Depois vem Sabbra Cadabra, que tem meu riff de guitarra preferido do Sabbath. Killing Yourself to Live é outro clássico do disco. O BS está no Brasil para uma série de shows na turnê de despedida da banda com a formação original mas sem o baterista Bill Ward.

Sabbath Bloody Sabbath 5:43
A National Acrobat  6:12
Fluff  4:05
Sabbra Cadabra 5:53
Killing Yourself To Live 5:39
Who Are You? 4:10
Looking For Today  4:58
Spiral Architect 5:29

Dedico essa para o campeão Nico Rosberg que enfrentou todo o Império Britânico, 
You bastards!!!












sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

CARA DE PAU


O companheiro de equipe se aposenta e a primeira declaração de Lewis Hamilton é essa, insinuando que na Mercedes ele nunca recebeu tratamento igual. É muito cara de pau. Nunca me enganou, é um nojento.

A McLaren de Ron Dennis não aguentou o cara, agora é a Mercedes que esta de saco cheio dele, é só uma questão de tempo pra ele levar um chute no traseiro. A gota d'agua foi em Barcelona quando ele tirou os dois carros da prova, depois as declarações na Malásia onde colocou em dúvida a reputação da fábrica Mercedes Benz, depois continuou mentindo sugerindo que a troca de mecânicos foi feita para favorecer Nico. Por fim protagonizou aquele espetáculo ridículo na última corrida quando criou um mal estar dentro do time.

Ah! teve aquela comovente foto no twitter!!!!!!!!!! CARA DE PAU!!!!!!!!!!!!




quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

DEMAGOGO

JULHO 2016; Sem papas na língua, Niki Lauda foi além e disse que Hamilton mentiu em entrevista a respeito da sua relação com Rosberg. Antes do GP da Áustria, Lewis disse que o nível de relacionamento com seu companheiro de equipe era o melhor possível e falou sobre uma conversa à beira da piscina que acabou por estreitar os laços com o alemão. Mas Lauda afirmou que tal conversa jamais aconteceu.

“Lewis mentiu sobre isso, simples assim. Ele queria ser o apaziguador para ter paz no fim de semana. Ele faz o que pode”, comentou o ex-piloto, que ainda prevê mais tensão na equipe prateada. “A luta fica mais quente quando Nico está na frente”, finalizou.





quarta-feira, 30 de novembro de 2016

PIQUET, O MAIS RÁPIDO DO ESTORIL


1985 - Dando a impressão de ser um veterano na Williams, Nelson Piquet mostrou-se à vontade e impôs um tempo muito superior aos demais participantes dos testes do Estoril: quase dois segundos à frente de Ayrton Senna, o segundo melhor tempo.

Talvez essa seja a cena com a qual a Fórmula 1 vai conviver no próximo ano: dois brasileiros sempre entre os primeiros. E o melhor é que outros brasileiros já estão fazendo fila para entrar nesse circo fechado do automobilismo internacional.

Mas voltemos ao Estoril. O equilíbrio de forças em Portugal, em termos de pneus, foi grande: 4 equipes de GoodYear e outras 4 de Pirelli. A marca norte-americana calçou a McLaren, Williams, Ferrari e Zakspeed. De outro lado, a Pirelli forneceu pneus à Brabham, Ligier, Toleman e Minardi.





As atrações dos testes ficaram por conta de alguns pilotos que debutaram em novas equipes. Keke Rosberg estreou na McLaren e a Zakspeed voltou nas mãos de Jonathan Palmer.



Outras ainda não definiram seus contratados. As experiências ficaram por conta de Oscar Larrauri e Paolo Barilla na Toleman (Benetton), Alessandro Nannini na Minardi e o negro norte-americano Willy Ribbs, na Brabham.


O americano Willy Ribbs, chegou com pinta de piloto em Portugal. Andou de Brabham e não fez nada.


Para que tenhamos um ponto de comparação, vamos lembrar da pole position do ano passado, de Senna, com 1 minuto 21,007s, embora o recorde da pista portuguesa ainda pertença a Niki Lauda, desde outubro de 1984, com 1m22,996s.

Os dias de testes foram se sucedendo com os melhores tempos girando em torno de 1m20s. Mas, para alegria dos ingleses comandados por Frank Williams e pelos japoneses da Honda, no último dia dos testes, Nelson Piquet teve à disposição os famosos pneus de classificação da GoodYear, e o temporal desabou: 1m16.76s.

Ayrton Senna também não deixou barato e rodou o Estoril em 1m18.45s. Depois, a Brabham, com Pirelli, nas mãos de Riccardo Patrese, sempre muito rápido, com 1m19.22s.


Paolo Barilla tentou a sorte com a Toleman. Melhor mesmo seria ficar sentado nos pneus.


O campeão Alain Prost e Keke Rosberg, seu novo companheiro, praticamente viraram tempos iguais, 1m20.65s e 1m20.83s, respectivamente, monstrando o equilíbrio dos McLaren/Porsche.




terça-feira, 29 de novembro de 2016

WHY HAS THE BUTT BECOME A SYMBOL IN BRAZIL?







Platoon (And Songs from the Era) Original Soundtrack


1986 - Platoon is a 1986 American war film written and directed by Oliver Stone and starring Tom Berenger, Willem Dafoe, and Charlie Sheen. The Platoon soundtrack contains some of the greatest Rock and Soul hits of the Sixties.  Because the soundtrack is supposed to evoke the time period of the movie's setting, most of the tracks are "songs from the era." They include Smokey Robinson's "Tracks of My Tears," an ode to lost love which was also featured in the film's trailer, the conservative anti-hippie "Okie From Muskogee" by country singer Merle Haggard, the almost hallucigenic but riveting "White Rabbit" by Jefferson Airplane, and Aretha Franklin's classic "Respect." Other artists featured are the late Otis Redding with his classic "The Dock of the Bay" and The Rascals' catchy "Groovin' ."




Side 1

1-"The Village" Adagio for Strings -The Vancouver Symphony Orchestra
2-Tracks of My Tears - Smokey Robinson
3-Okie from Muskogee-Merle Haggard
4-Hello, I Love You -The Doors
5-White Rabbitt -Jefferson Airplane
6-"Barnes Shoots Elias" -The Vancouver Symphony Orchestra

Side 2

1-Respect -Aretha Franklin
2-(Sittin' On)The Dock of the Bay -Otis Redding
3-When a Man Loves a Woman -Percy Sledge
4-Groovin' -The Rascals
5-Adagio ofr Strings -The Vancouver Symphony Orchestra













We don't smoke marijuana in Muskogee
We don't take no trips on LSD
We don't burn no draft cards down on Main Street
We like livin' right, and bein' free

I'm proud to be an Okie from Muskogee
A place where even squares can have a ball
We still wave Old Glory down at the courthouse
And white lightnin's still the biggest thrill of all

We don't make a party out of lovin'
We like holdin' hands and pitchin' woo
We don't let our hair grow long and shaggy
Like the hippies out in San Francisco do




segunda-feira, 28 de novembro de 2016

LEWIS É GÊNIO



Lewis Hamilton é GÊNIO. Venho dizendo isso desde o dia 9 outubro, quando Nico Rosberg venceu o GP do Japão. Depois do Japão o "Senna inglês" simplesmente destruiu o Rosberg, ele falou "agora chega", deixei ele ganhar umas corridinhas mas daqui para frente só eu vou vencer. O cara é o máximo, logo vai bater todos os recordes. Perdeu o título por causa da Malásia quando a equipe sabotou o seu motor, se não fosse isso era Tetra!

Tem gente maldosa insinuando que na Malásia a culpa pelo estouro do motor foi dele. Helmut Marko é um deles. Como a gente sabe um montadora nunca vai admitir que o seu piloto foi o responsável pela quebra, sempre vão culpar um mancal, uma biela... talvez daqui há dez anos saberemos a verdade. Não foi assim com o motor BMW do Piquet, Salazar coitado levou a culpa.

Que tática inteligente ele uso em Abu Dabhi. Andar devagar para deixar o Nico perto do Vettel e do Max. Coisa de cara esperto! Ele não corria nenhum risco de perder a corrida, sabe por que? Porque ele é GÊNIO, agora o Nico é piloto meia boca, presa fácil para o Vettel e o Max. Ele não!

Vejam o que o Nico fez no domingo: quando precisou não afinou e foi pra cima do abusado do Max Verstappen e ganhou a posição. No final da prova o engenheiro em panico gritou para ele: P3 serve!, e sabe o que ele fez? Segurou o Vettel e terminou em 2º. Cara medíocre esse Nico. Agora Lewis é GÊNIO!

Hoje eu li uma notícia de um jornalista "inglês" dizendo que o Vettel pegou leve com o Nico, só pra não deixar o Lewis ser tetra campeão como ele! Pô mais um sacaneando o GÊNIO!

Tem gente que diz que ele levou vantagem em Monaco quando ele cortou a gincana ou no Mexico, quando errou a freada passou reto e não fez as duas primeiras curvas. Tudo coisa de invejoso! Aquele ditado "Uma corrida não se ganha na primeira curva, mas se perde" não vale pra ele.

Em Barcelona, quando bateu no Nico e tirou os dois carros da prova, segundo o "inglês" Anthony Davidson, o culpado foi o Nico que mexeu no botãozinho errado, não foi desespero de Lewis por ter sofrido sete derrotas seguidas como muita gente pensou. Já em Baku, segundo o "inglês" Johnny Herbert a culpa foi do "sol", que cegou o GÊNIO  causando a batida. Já no México, o "inglês" Martin Brundle não achou que ele levou vantagem, porque o SC neutralizou essa vantagem. Não disputar as duas primeiras curvas com o resto do pelotão não é tão grave assim. 

Aquelas sete vitórias seguidas (seriam 8 porque Nico estava na liderança quando foi abalroado pelo Lewis em Barcelona) só aconteceram porque o GÊNIO "caiu na noite".

Nico Rosberg venceu o Mundial (teve sorte) mas é medíocre. Agora Lewis não venceu (teve azar) mas é GÊNIO!




domingo, 27 de novembro de 2016

MAU PERDEDOR


Nunca joga limpo, sempre foi um mau perdedor. Ele e toda a imprensa inglesa vão dormir hoje de cabeça quente.