quinta-feira, 17 de abril de 2014

SANTANA / AMIGOS


1976 - Santana released Amigos in the Spring of 1976. Amigos is the seventh studio album from Santana. "Europa" is the standout song on this album, one of the best instrumentals the band ever did and one of Carlos' finest solos ever. Carlos returns to his latin roots with Amigos. Dance Sister Dance: a perfect mix between a latin groove and a pop/rock song.


Side A

"Dance Sister Dance (Baila Mi Hermana)" (Leon

Chancler/Tom Coster/David Rubinson) - 8:15

"Take Me with You" (Chancler/Coster) - 5:27

"Let Me" (Coster/Carlos Santana) - 4:51

Side B

"Gitano" (Armando Peraza) - 6:13

"Tell Me Are You Tired" (Chancler/Coster) - 5:42

"Europa (Earth's Cry Heaven's Smile)" (Coster/Santana) - 5:06

"Let It Shine" (David Brown/Ray Gardner) - 5:43




" Earth's Cry Heaven's Smile "






segunda-feira, 14 de abril de 2014

REABRIU INTERLAGOS

Agora com dois circuitos o autódromo paulista, permitindo a média horária de 200 Km/h


1956 - Por mais de um ano estêve interditado o autódromo de Interlagos, considerado uma das melhores pistas de corridas do mundo devido ao traçado e visibilidade proporcionada ao público. A prefeitura de Santo Amaro apontava o estado da pista, com seus buracos e ondulação, como impraticável para a realização de provas automobilísticas.

A seção paulista do Automóvel Clube do Brasil providenciou então a reforma do piso e o asfaltamento de um trecho de aproximadamente 400 metros que liga a grande reta à reta da chegada. Passou assim Interlagos a contar com dois circuitos : o antigo, com a pista de 8 quilômetros, onde o pilôto e a máquina são submetidos à dureza do percurso sinuoso; e o novo, que é o circuito externo, om 3.520 metros de extensão, especial para as provas de alta velocidade e capaz de permitir a média horária de 200 Km/h.

A reabertura do autódromo, marcada para 11 de dezembro, quando se disputou a II Prova Prefeitura Municipal de São Paulo, foi corridíssima e os torneios agradaram em cheio. Haviam se inscrito mais de três dezenas de volantes, destacando-se Chico Landi como o franco favorito, e esperando-se que o veterano repetiria o feito de há tempos na primeira prova Prefeitura Municipal de São Paulo. Tinha tudo a seu favor: mais classe e melhor carro. Contudo, Landi perdeu uma corrida que já estava praticamente ganha, por descuido dos mecânicos. Classificou em quarto lugar.

Sagrou-se vencedor Celso Lara Barberis. Correu as 50 voltas com "a cabeça", calmo e tranquilo, sem nunca se precipitar, e sem a preocupação de acompanhar Landi, mesmo porque não possuía condições mecânicas para tanto. Lutou pela vice-liderança, e como Landi sofreu um azar, Celso ficou com a vitória. Sua melhor volta, média horária de 144,500 Km/h. Para o percurso total que foi de 162,500 Km, o campeão marcou a média horária de 110,680 Km/h.

Destacaram-se também Godofredo Viana Filho e Rafael Gargiulo, classificados respectivamente, em 2º e 3º lugares.

Henrique Casini, logo nas primeiras voltas ficou sem o pára-brisas que foi quebrado por uma pedra. Assim mesmo atirou-se à luta, só desistindo quando, faltando apenas 7 voltas, estourou um pneu e seu carro bateu num barranco. O baiano Paulo Lanat não teve chance, sendo obrigado a desistir na décima quarta volta.


Foi a seguinte a classificação geral da corrida da II Prova Prefeitura Municipal de São Paulo:


  1. Celso Lara Barberis / Ferrari 
  2. Godofredo Viana Filho / Ferrari 
  3. Rafael Gargiulo / Ford Adaptado 
  4. Francisco Landi / Ferrari
  5. Luciano Falzone / Ferrari
  6. Jair de Melo Viana / Cadillac Adaptado
  7. Cyro Cayres / / Ferrari
  8. Henrique Casini / Ferrari
  9. Alberto Rabay / De Soto Adaptado
  10. Angelo Juliano / Ferrari
  11. Joaquim Ribeiro Sampaio / Maserati
  12. Luís Valente / Ford Adaptado
Além das taças e medalhas, a seção de São Paulo do Automóvel Club do Brasil distribuiu os seguintes prêmios em dinheiro:

Categoria Esporte até 2.000 cc : Cr$ 5.000,00 para o primeiro colocado; Cr$3.000,00 para o segundo, e Cr$2.000,00 para o terceiro.

Categoria Esporte acima de 2.000 cc e Mecânica Nacional : Cr$ 30.000,00 para o primeiro colocado; Cr$15.000,00 para o segundo; Cr$10.000,00 para o terceiro; Cr$5.000,00 para o quarto; e Cr$3.000,00 para o quinto colocado.

Foram distribuídos ainda mais Cr$5.000,00 para os principais classificados da Mecânica Nacional.




quinta-feira, 3 de abril de 2014

FRANK ZAPPA - BONGO FURY


1975 - Frank Zappa  o cara mais criativo do rock. Bongo Fury é meu Zappa favorito. O disco contém gravações ao vivo de uma série de show que fez junto com Captain Beeheart e algumas gravações de estúdio. Terry Bozzio arrasando na batera e George Duke nos teclados. Muffin Man é um clássico...

Side A
1. "Debra Kadabra"   3:54
2. "Carolina Hard-Core Ecstasy"   5:59
3. "Sam with the Showing Scalp Flat Top" (Don Van Vliet) 2:51
4. "Poofter's Froth Wyoming Plans Ahead"   3:03
5. "200 Years Old"   4:32

Side B
6. "Cucamonga"   2:24
7. "Advance Romance"   11:17
8. "Man with the Woman Head" (Don Van Vliet) 1:28
9. "Muffin Man"   5:34


Tinha uma loja em Sampa chamada Studio Tan cujo dono era um Zappamaniaco, o cara tinha tudo do Zappa, foi lá que comprei toda minha coleção do Zappa em CD. Felizmente ainda conservei alguma coisa em LP.




quarta-feira, 2 de abril de 2014

THE KILLING OF A CHINESE BOOKIE



1976 - My favorite Cassavetes movie. John Cassavetes' The Killing Of A Chinese Bookie is a film that is one of those overlooked gems that is not only a great film, but a great record of its time. Ben Gazzara is excellent as Cosmo Vitelli, the nightclub owner. The film is Cassavetes' allegory describing his sensation of suffocation while harassed by a system trying to prevent him from accomplishing his work the way he wants. He couldn't live, breath, play his game because of the system, and it's extraordinary that he managed to translate these frustrations into a film that stands out on its own merit regardless of any symbolical interpretation. And Ben Gazzara's (so unfairly underrated) performance is the soul of the movie's profound humanity, as he makes this story not just business, but also personal ...




terça-feira, 1 de abril de 2014

HOWMET

Howmet de 1968 equipado com motor a turbina

A Howmet firma norte-americana especializada em painéis para a industria aeronáutica, entrou no setor automobilístico em 1967, construindo dois carros de competição com turbinas Continental de 330cv a 57.000 RPM.

Em 1968, os Howmet participaram das 24 Horas de Le Mans, das 24 Horas de Daytona e das 12 Horas de Sebring, sem bons resultados. A única vitória foi conquistada nas 300 Milhas de Marlboro, nos Estados Unidos.

Em 1969 o Sport Car Club of America proibiu motores a turbina em veículos de competição e os Howmet ficaram restritos a provas de aceleração e de quebra de recordes.


domingo, 30 de março de 2014

ALCHEMY: DIRE STRAITS LIVE



1984 - "Alchemy", was a double live album, released in 1984. This has to be one of the best live albums ever released , not may bands sound better live than recorded but believe me Dire Straits do on this Alchemy live album . Mark Knopfler is in his element when playing live and his guitar skills shine on the extended live songs on this album , they take you away to somewhere so much better than the here and now .


Side 1:
1. "Once Upon a Time in the West"   13:01
2. "Romeo and Juliet"   8:22

Side 2:
1. "Expresso Love"   5:41
2. "Private Investigations"   7:40
3. "Sultans of Swing"   10:48

Side 3:
1. "Two Young Lovers"   4:51
2. "Tunnel of Love" 14:38

Side 4:
1. "Telegraph Road"   13:19
2. "Solid Rock"   5:32
3. "Going Home – Theme from 'Local Hero"   4:58

The album cover is taken from a painting by Brett Whiteley. Adapted "Alchemy 1974"