domingo, 24 de julho de 2016

E.C.


Acabei de ler, o cara é um sobrevivente. Sobreviveu ao alcoolismo, vício em Heroína e a vida de sex drugs & rock n' roll. Ele conta sua trajetória e como encontrou a paz e a vida em família aos 55 anos.

Apesar de ser uma autobiografia, que em geral são chatas, EC reconhece suas fraquezas e faz um balanço sincero de sua vida. Recomendo, mas só para aqueles que tem algum interesse pelo rock roll, pois ele conta as várias fases de sua vida musical.


Nenhum comentário: