domingo, 4 de setembro de 2016

NÃO TEM FAVORITO



Quem arriscar um palpite de qual piloto da MB vai ser o campeão de 2016 vai quebrar a cara. É uma vergonha o melhor carro da temporada ser pilotado por Hamilton e Rosberg. Comparar Hamilton com Senna é sacrilégio. Senna era matador, um caçador, enquanto Hamilton não passa de um "lobinho". O dia em que um Vettel ou Ricciardo tiverem nas mãos um carro vencedor, acaba a folia dos dois "escoteiros" da Mercedes.

Senna disputava com a "raposa" do Prost, Piquet com o "leão" do Mansell, Emerson com o Stewart. Agora Hamilton X Rosberg é briga de "dente de leite". É disputa infanto-juvenil. 

Os dois tem 31 anos, Rosberg 198 GPs e Hamilton 180, tempo suficiente para amadurecer. É inadmissível que pilotos com essa bagagem ainda cometam tantos erros.

Eles só sabem fazer corrida como o Rosberg fez hoje. Largar na frente e sumir. Se tem uma pedra pelo caminho eles se complicam. Eles não conseguem nem fazer uma disputa limpa, quando acontece uma briga direta entre os dois, sempre acaba em pixotada, salvo quando o Nico afina...




A McLaren anunciou que renovou com Jenson Button mas que ele não será o piloto titular.

A McLaren corre um risco não colocando Button como titular para 2017. Para quem não entendeu, explico.

Como todos sabem o rendimento dos atuais McLaren é péssimo - terminar corrida na sexta ou sétima colocação não é bom resultado para uma equipe grande. Mas em nenhum momento alguém duvidou ou criticou os seus pilotos, todas as críticas foram para os carros. Fernando Alonso e Jenson Button continuam sendo rápidos e competitivos apesar da idade e ninguém duvida de suas qualidades, por tanto as críticas são sempre dirigidas para o motor Honda e o carro McLaren,

Ano que vem a equipe só contara com o Alonso, o outro piloto será o estreante Vandoorne. Um risco para a equipe e para o novato Vandoorne.

Até agora ele só disputou um GP, foi bem, mas é muito pouco para avaliar um piloto. Lembro do Magnussen quando chegou na McLaren, era muito bem visto mas ficou só na promessa.

Se por um acaso ele não for bem nas primeiras corridas, com certeza vai receber críticas pesadas, ninguém vai se preocupar se o carro é ruim ou coisa parecida. Diferente do que acontece hoje com Alonso e Button que são poupados. Resta saber se Vandoorne vai suportar a pressão e como a McLaren vai lidar com isso, porque as críticas serão em cima do carro e do piloto.

Essa renovação de contrato com o Button só pode ser uma coisa, se Vandoorne não corresponder nas primeiras corridas, a McLaren o substitui pelo veterano Button.





Nenhum comentário: