quarta-feira, 7 de setembro de 2016

SAINDO DO FORNO


Uma caixa com quatro CDs de Jards Macalé chega ao mercado fonográfico neste mês de setembro. Além de reedições dos dois primeiros álbuns do artista carioca, Jards Macalé (1972) e Aprender a nadar (1974), a caixa Jards Macalé – Anos 70 embala duas compilações de títulos, Raro & inédito vol 1. e Raro & inédito vol. 2, já autoexplicativos.


As reedições dos álbuns foram turbinadas com faixas-bônus. O álbum Jards Macalé foi encorpado com registros ao vivo de músicas como Movimento dos barcos (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971) e Anjo exterminado (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972), ambas lançadas na voz da cantora Maria Bethânia.



Já o álbum Aprender a nadar foi acrescido de registros embrionários – as famosas demos – de músicas como Boneca semiótica (Jards Macalé, Duda Machado e Ricardo Chacal, 1974), Dona de castelo (Jards Macalé e Waly Salomão, 1974) e Rua Real Grandeza (Jards Macalé e Waly Salomão, 1974), ouvidas também nas gravações oficiais do álbum de 1974.





PS: Infelizmente ano passado relançaram "Contrastes" de 1977 com a capa mutilada. É uma palhaçada esse negócio de "Ex", "Filho", "Neto" ou não sei mais quem proibir relançamentos com a capa original. Tenho aquela caixa do Vinicius de Moraes e os discos Poesia e canção I e II (Forma / Philips, 1966), Os afro-sambas (Forma / Philips, 1966) não tem as capas originais UMA VERGONHA!





Nenhum comentário: