segunda-feira, 10 de abril de 2017

BAHREIN



A única coisa que o GP da China mostrou foi que a Ferrari esta na briga, de resto não dá para concluir nada. A corrida foi atípica, com carro de segurança, pneus intermediários e pista molhada, isso tudo faz com que vire uma loteria e fica difícil uma análise correta.

Lewis venceu de ponta a ponta. É aquele negócio que já falei aqui, largando na pole e sem ninguém para incomodar, ele faz a lição de casa completa. O problema dele é quando colocam uma pedra no caminho, aí ele tropeça.

Vamos ter que esperar pelo Bahrein para descobrir quem tem um ritmo melhor de prova. A Mercedes conseguiu largar na frente nas duas primeiras provas, mas na minha opinião isso se deve mais a qualidade do piloto do que do carro. Lewis é o melhor do grid para fazer uma volta rápida na classificação. Você tem que fazer a comparação com a Mercedes do Bottas, nas duas provas ele fez praticamente o mesmo tempo do Vettel, isso mostra que a Ferrari é rápida no qualifying, esse décimo a mais de vantagem da Mercedes você põe na conta do Hamilton.

O Bottas fez uma cagada das grandes, rodar em bandeira amarela não tem desculpa, mas daí o cara do Sportv gritar "tá fora da Mercedes" e o do lado concordar "mais umas 4 ou 5 corridinhas e já era", tem uma grande diferença. Na minha opinião ele foi bem na estréia da Australia e nos treinos da China também, por 000.1 não largou na primeira fila e vem conseguindo reduzir a diferença do tempo do Lewis na classificação. Vamos com calma, né.

Giovinazzi não podia ter feito o que fez. Bateu no treino e na corrida. Não estou dizendo que é ruim, mas num time que esta com a verba curta precisando de bons resultados, destruir o carro no sábado e no domingo só vai apressar a cura do pescoço do Pascal.

O Bahrein tem tudo para proporcionar o que todos querem, uma disputa verdadeira entre Ferrari X Mercedes. Como a corrida já é no próximo fim de semana, com todo mundo ainda de sangue quente, os dois pilotos vão chegar com a moral em alta. Lewis depois do fiasco da Australia, com a vitória na China vai chegar no Bahrein com a moral lá em cima, assim como Vettel que apesar da derrota está bem motivado porque a Ferrari enfim deu a ele um carro para brigar por vitórias.

Kimi depois de tanta reclamação dos fãs e até do presidente, vai ter que acordar da soneca e Bottas depois da cagada na China, vai querer mostrar serviço. Mais um ingrediente para a corrida do Bahrein.


P.S. O erro maior da Ferrari não foi tanto a janela do pitstop, mas sim em não dar a ordem de troca de posições. A Mercedes acertou na Australia quando não deixou Bottas atacar o Lewis. Num campeonato apertado como esse qualquer ponto perdido vai fazer falta no final. Não é hora para brincar. Hamilton e Vettel tem que ter a prioridade, se os outros estiverem à frente, rádio neles!.
















Nenhum comentário: