sábado, 29 de abril de 2017

FERRARI NA FRENTE / ORDEM DE EQUIPE



Amanhã pela primeira vez no ano teremos uma Ferrari largando na Pole. Até aqui só tinha dado Mercedes 2 Ham e 1 Bottas. E mesmo assim não foi problema para a Ferrari vencer, 2 Seb e 1 Ham.

A corrida da China que a Mercedes venceu com Hamilton teve muitas variantes. Além do molhado, teve carro de segurança. Bottas e a equipe erraram, ele ficou fora da jogada. Vettel foi prejudicado, perdeu tempo atrás do Kimi porque a equipe teve receio de dar um MULTI21. Kimi brigando com os pneus e o carro também não foi uma ameaça. O ponto que eu quero chegar é que não foi uma vitória normal.

Você descartando essa da China, as outras duas foram parecidas. Mercedes na ponta, pressionada pela Ferrari até a troca, quando a Ferrari assumi a ponta a Mercedes não consegue mais recuperar. A única diferença foi que no Bahrain teve MULTI21 e na Australia não. Mas acho que não fez diferença, porque mesmo Hamilton tendo caminho livre ele não alcançou a Ferrari no Bahrain (aquilo no radio foi só para manter a moral alta do piloto) Vettel tinha a corrida nas mãos. Se na Australia a Mercedes desse a ordem na minha opinião Bottas não conseguiria pegar a Ferrari.

Amanhã vai ser interessante observar qual vai ser a reação da Mercedes se Vettel fizer a primeira curva na frente. Será que eles vão conseguir reverter? Se a Ferrari dominar a prova e vencer, a Mercedes vai ter um problema.

A deficiência da Ferrari era nos treinos, mas hoje os dois carros dominaram. A Mercedes com Bottas chegou bem perto mas não conseguiu superar os carros italianos.

Eu lembro que na Australia no final da corrida, durante os agradecimentos pelo rádio, quando Bottas recebeu os parabéns da equipe ele falou "Hoje os vermelhinhos estavam rápidos".

Isso dito pelo Bottas é importante, porque se fosse Lewis que falasse poderia ser desculpa de perdedor por ter chegado em segundo, mas foi o cara que chegou em terceiro que falou. Então não era desculpa, as Ferraris estavam fortes na Australia.

Ai veio a China e aquela bagunça (loteria). Depois no Bahrain ficaram meio segundo atrás das duas Mercedes nos treinos mas venceram a prova e agora dominaram os treinos.

Conclusão que a Ferrari esta forte desde o começo do campeonato. São melhores que os Mercedes.


Ordem de Equipe

A Mercedes agora fala abertamente em ordem de equipe (multi21), mas isso é só papo furado porque isso já acontece desde a primeira prova na Austrália quando seguraram o Bottas.

Sou a favor disso, mesmo que isso seja injusto para o piloto que vai à frente, que prejudique o espetáculo e que o público reclame. Time que pretende ser campeão não se pode dar ao luxo de perder pontos para o rival.

A Ferrari errou na China ao não dar essa ordem.  Talvez Vettel vencesse aquela prova se não ficasse tanto tempo atrás do Kimi. A reclamação do Marchionne em cima do Kimi foi mais por ele não ter dado passagem, do que pelo seu desempenho. Eles queriam que o Kimi desse passagem sem necessidade de pedir. Por conta dos acontecimentos no passado com Schumy e Alonso eles ficam meio receosos de dar tal ordem.

Na Mercedes o problema é que Bottas cresceu e ganhou espaço dentro da equipe, de uma forma limpa e profissional. Desde que a equipe anunciou sua contratação venho dizendo que esse cara é perigoso porque é muito inteligente.

Na Australia, não criou problemas (poderia ter abrido a boca para a imprensa) mas inteligente acatou as ordens. Até o pessoal da SkyF1 (que é Hamilton F.C.) concordou que houve tal ordem (Symonds e Brundle).

Não se abalou com a imprensa insinuando que ele era segundo piloto, cometeu um erro infantil na sua segunda corrida pela Mercedes, erro que um piloto de time grande nunca poderia cometer e viu seu companheiro vencer a prova. Deu a volta por cima na corrida seguinte conquistando a pole em cima de um Lewis radiante por estar a um passo de bater o recorde de Senna.

Logo depois da primeira prova, ele percebeu que a única chance esse ano seria largando na frente de Hamilton, porque a Mercedes não deixaria ele atacar seu companheiro e já na terceira prova conseguiu isso, e agora repete a dose.

Sempre questionado pela imprensa desde que assinou com a Mercedes, em momento algum hesitou em dizer que se a equipe pedir acatava a ordem. 

Mas depois de conquistar a pole, muito inteligente, fez uma ressalva, que seja reciproco. O que deixa Lewis e a Mercedes numa sinuca de bico. Imaginem que se em toda corrida pedirem para ele sair da frente, e com o Lewis não fizerem isso. Vai pegar muito mal porque só estamos na quarta de vinte etapas.

Falei aqui na corrida passada que Lewis sentiu o golpe da perda da pole no Bahrain, porque Bottas o atingiu no seu ponto forte. 

Para aqueles desavisados que acham que foi sorte, por lerem o que os ingleses escrevem ou por não terem assistido os treinos, no primeiro tiro do Q3, Lewis foi mais rápido, mas por um pentelho, algo como "535 Ham e "545 Bottas. No segundo tiro, Bottas fez a pole também por um pentelho "023. Então esse negócio de dizer que Lewis só perdeu a pole porque errou é falácia de inglês, porque já no primeiro tiro o Bottas tava rápido. Foi no mano-a-mano. Méritos para o finlandês.

Isso abalou tanto a confiança do Lewis, que em Sochi ele não conseguiu passar um treino sem errar. Estava completamente perdido desde a sexta-feira, culminando com o vexame de meio segundo no Q3.

Agora vocês imaginem a saia justa que vai ficar a Mercedes se ordenarem para Bottas abrir passagem para o Hamilton. Todo mundo vai dizer: Pô, o cara classifica meio segundo na frente e ai na corrida tem que deixar o outro passar. Se isso acontecer vai ficar muito feio para o Hamilton e para a Mercedes perante ao público.







Nenhum comentário: