segunda-feira, 15 de maio de 2017

SEM PUNIR O ESPETÁCULO



Amigos, o Ricciardo ontem atrasou a cerimonia de pódio. Enquanto Lewis e Seb recebiam os troféus ele ainda não tinha recebido a bandeirada final. Chegou 1 minuto e 15 depois, na F1 moderna isso é uma eternidade. Foi um terceiro lugar com gostinho de derrota.

A melhor mudança que aconteceu na F1 este ano foi no julgamento das punições. Parabéns aos cartolas que acabaram com aquela palhaçada de 2016, onde o piloto era punido por qualquer coisa. O único azarado foi o Vandoorne mas até nesse caso merecia um perdão. Aquele choque não foi proposital, você tem que levar em conta que ele pilota um F2. Quando ele olhou no espelho o Massa estava a 1 Km de distancia, no segundo seguinte já estava do lado.

Sobre o acidente da largada, o culpado foi o Kimi que jogou para cima do Bottas. No caso da freada antecipada do Bottas talvez tenha afinado por receio de encostar no Lewis (remember o que aconteceu ano passado com os 2 Mercedes fora da prova).

Uma coisa que precisa mudar é o SCV é muito chato, tem que voltar o antigo e juntar todo mundo atrás.

Outra coisa é acabar com a obrigação de usar dois compostos diferentes. Sem essa obrigação fica mais interessante porque ninguém pode prever o que vai acontecer. Como está hoje, se o piloto usou um só composto você já sabe que ele vai ter de parar mais uma vez. Acaba com o suspense.

O campeonato esse ano esta muito bom, acabou aquele negócio de só o carro decidir uma corrida.

Para vencer hoje é preciso um conjunto de piloto, equipe, estratégia e "fábrica".

A "fábrica" esta tendo um papel importante no caso da duas equipes principais. Mercedes e Ferrari, tem feito pequenas evoluções nos carros depois de cada corrida. Essas evoluções, que podem parecer pequenas, estão ajudando a manter o equilíbrio entre os dois carros.

No domingo a "estratégia" foi fundamental para a vitória da Mercedes, numa corrida que parecia ser da Ferrari.

Nos treinos foi o "piloto" que fez a diferença. Bottas ia fazer a pole com um temporal, mas um erro na última curva custou a ele mais que os 2 décimos. Vettel também tinha chances, até errar a gincana e Kimi que tinha feito o melhor primeiro setor entre os quatro pilotos, errou no segundo e ficou fora. Lewis conseguiu fazer uma volta limpa e merecidamente ficou com a pole.

Um comentário sobre a idéia do Lewis de premiar a pole com um ponto. Sou completamente contra. Explico:

A classificação é o único momento de todo o fim de semana onde o piloto está sozinho sem a interferência da equipe. É só ele, o carro e o relógio. A partir do momento que você põe um ponto em jogo, corre o risco de ter manipulação por parte da equipe. Entra em cena o famoso "jogo de equipe". A equipe pode privilegiar um dos seus pilotos pensando no campeonato. Melhor deixar como está.

Apesar dos maus resultados de Bottas e Kimi ontem, ainda é cedo para dizer que a disputa está restrita a Lewis e Vettel. O campeonato esta só no começo e ainda tem muitos pontos em jogo.


P.S. O que aconteceu com o cabelo do Hamilton? Precisa urgente, marcar uma hora com o Celso Kamura!!!!






Nenhum comentário: