quarta-feira, 13 de abril de 2016

DOIS EXEMPLOS A SEREM SEGUIDOS



Amigos, repercutiu bastante o infeliz comentário do piloto Johnny Herbert sobre Fernando Alonso, que foi rapidamente respondido a altura, “No me retiro. Soy campeón. Tu eres comentarista porque no lo fuiste”

Fernando Alonso e Jenson Button são dois exemplos a serem seguidos por todos que pilotam ou venham a pilotar algum dia um carro de Fórmula 1. Brincadeiras a parte, feitas sempre "fora do carro", em nada desqualificam estes dois excelentes pilotos. 

A dois anos comendo o pão que o diabo amassou na equipe McLaren, em nenhum momento Alonso ou Button arriaram os meiões ou colocaram a mão na cintura, pelo contrário, disputam o décimo quinto lugar como se estivessem disputando o primeiro. Demonstram um profissionalismo que muitos jovens pilotos que acabaram de ingressar na categoria não tem.

Jenson Button era um piloto a caminho da aposentadoria em dezembro de 2008, quando teve a oportunidade de ter uma Brawn nas mãos e não desperdiçou. Mostrou perseverança e dedicação, atitudes que o fizeram o campeão de 2009. No ano anterior muitos o consideravam acabado para a Fórmula 1. Erraram feio!

Fernando Alonso, um piloto reconhecido por todos como o melhor em atividade, mas que durante a sua carreira não teve o timing para estar na equipe certa na hora certa, em nenhum momento jogou a toalha. Depois do gravíssimo acidente na Austrália poderia alegar dor de barriga ou unha encravada para não correr, mas não, quer sentar no carro na China.

Discordo completamente das opiniões do Herbert, quando ligo a Tv no domingo para assistir um GP, é por causa de  Alonso, Raikkonen e Button... ou vocês acham que acordo cedo para ver o Sainz, Wehrlein e Verstappen.


Nenhum comentário: