terça-feira, 25 de outubro de 2016

FASE PERIGOSA



Faltando três provas Nico Rosberg só precisa chegar em segundo, agora é hora de administrar a vantagem. Acredito que as Red Bull ainda estão longe das Mercedes. O crescimento das RBR foi mais em razão da Mercedes estar em alerta depois do problema de motor do Hamilton, a equipe Ferrari ter andado para trás e mais o excesso de cautela de Rosberg em Austin.

É só dar uma olhada no treino de classificação em Austin. A Mercedes foi 0508 mais rápido que as RBR. Meio segundo mais rápido hoje em dia é um temporal.

Na corrida Lewis largou e foi embora, nada excepcional. Daniel Ricciardo em nenhum momento apertou Lewis, a Mercedes sobrava. Sunday drive de Lewis Hamilton, não precisou exigir do carro.

Ao contrário do que disse, Nico em nenhum momento tentou a vitória. Já na largada sua intenção foi ficar atrás de Lewis na primeira curva. Foi cauteloso demais e permitiu o mergulho de Ricciardo, perdendo a segunda colocação. Na corrida precisou ser acordado pela equipe para não perder a posição para Max Verstappen por excesso de cautela.

Agora Nico precisa ter tranquilidade. Entrou naquela fase perigosa, quando o cara está com uma mão na taça. Já assisti muita disputa de título e não tem jeito, o cara entra no modo de segurança e acaba correndo o risco de perder o título que estava quase ganho. Pode ser o piloto mais frio do mundo, cerebral, ter um carro bem acertado...tudo isso, mas mesmo assim fica abalado. O cara pensa duas vezes até na hora de trocar as marchas. Foi o que aconteceu com Nico Rosberg em Austin, por excesso de cautela ficou no meio das RBR, em vez de ter sumido na frente junto com seu companheiro de time Lewis Hamilton.

Só no final teve tranquilidade e começou a descontar a diferença para Lewis Hamilton, que depois da prova revelou que estava com c* na mão achando que o motor poderia explodir.

Vamos ver o que acontece no próximo domingo.



Nenhum comentário: