domingo, 19 de fevereiro de 2017

CHATEAUBRIAND NÃO VOLTA PARA A EUROPA EM 75



1975 - Jose Pedro Chateaubriand certamente foi o piloto brasileiro que, depois de Alex Dias Ribeiro, mais se destacou na Inglaterra, mas nem por isso pretende voltar para a Europa em 1975.

"Na minha opinião existem alguns requisitos básicos para que um piloto se arrisque na Formula 3 Inglesa, o primeiro passo rumo às escalas superiores.

O principal deles é um domínio, pelo menos razoável, da língua inglesa e do vocabulário automobilístico. No começo apanhei muito com isso. Sentia um problema no carro e não sabia como explicá-lo ao mecânico.

Outra coisa muito importante é manter um bom relacionamento com os demais pilotos da categoria. Essa é a melhor maneira de se obter as dicas de cada circuito, inovações técnicas e bons contratos".

Jose Pedro Chateaubriand correu todo o ano passado pela equipe oficial da March que, apesar de fornecer motores inegavelmente melhores e mecânicos mais eficientes, chegou a prejudicar um pouco a atuação do piloto brasileiro, pois não se preocupava em alugar circuitos para treinos.

Por essa razão, Chateaubriand não aconselha ninguém a iniciar carreira na Formula 3, correndo por uma equipe oficial de fábrica. Para ele, esta opção é mais viável para o piloto que já se adaptou à categoria e aos circuitos.

Por tudo isso, e depois de fazer um balanço de suas atuações na Europa em 1974, Chateaubriand decidiu não voltar para a Inglaterra. Neste ano, ele pretende disputar o Campeonato Brasileiro de Fórmula Super Vê e torneios regionais da mesma categoria, muito embora sua mulher e filhos preferissem muito mais o interior da Inglaterra à vida agitada de São Paulo.

"Não adianta continuar insistindo na Formula 3, justifica-se Chateaubriand. Acho que não fui mal, mas acredito que vale mais a pena ser um bom piloto no Brasil do que um piloto razoável na Inglaterra. É uma questão de opinião.

Além do mais, senti muita dificuldade em conseguir um patrocínio vantajoso para voltar à Europa. E, sem ele, é impossível participar da Formula 3".





Nenhum comentário: