terça-feira, 23 de janeiro de 2018

EDDIE JORDAN RACING




1986 - Com uma festa nas dependências do autódromo de Silverstone, na Inglaterra, foi apresentada no final de fevereiro a nova equipe de Maurizio Sandro Sala para a temporada deste ano do Campeonato Inglês de Fórmula 3.

A equipe, que é inglesa, chama-se Eddie Jordan Racing, patrocinada pela Sterald, empresa britânica fabricante de aquecedores residenciais. Salinha, que já foi campeão inglês das Fórmulas Ford 1600 e 2000, além de ter participado da Fórmula 3 no ano passado, pilotando um Reynard equipado com motor Saab Scania, será o único piloto da Eddie Jordan, embora a equipe vá prestar alguma assistência técnica ao norte-americano Joe Ris, que estréia na categoria este ano.

Para a temporada de 1986, o brasileiro terá a sua disposição dois carros da marca Ralt, modelo RT-30, equipado com motor Volkswagen, dois mecânicos, o brasileiro Etevaldo Silva, que o acompanha desde a Formula-Ford, e o inglês Eduard Purner. Um experiente chefe de equipe, Paul Heath, ex-engenheiro da Dunlop e ex-chefe de equipe da Porsche Grupo C, além da assistência direta do próprio Eddie Jordan, responsável pelo surgimento de Martin Brundle, hoje na Tyrrell.

Os primeiros contatos de Maurizio Sala com seu novo carro aconteceram logo em seguida, no circuito francês de Nogaro, pois a neve que cai na Inglaterra nessa época do ano impede a realização de treinos.

Em sua quarta temporada na Europa, Maurizio Sala contará também com o apoio do restaurante Alface's de São Paulo.

É este o calendário da Fórmula 3:





Um comentário:

walter disse...

A carreira do Sala é das melhores carreiras de brasileiro no automobilismo (fora Emerson, Senna e Piquet).

Ele não achou bom lugar na F1 e foi para o Japão ser vencedor. É uma opção 'glamour zero'.

Foi veloz onde realmente conta: F3 e FFord inglesa.